Que tal me enviar sua receita com uma bela foto para divulgá-la aqui no blog? É de GRAÇA! Mande o material para BLOGDABOACOMIDA@GMAIL.COM



quarta-feira, 23 de julho de 2014

Moqueca Simples

Se tem um prato que eu definitivamente adoro em se tratando de peixe, é a moqueca. Adoro a combinação de sabores que envolvem cremosamente o peixe e transformam este ingrediente numa iguaria perfeita para acompanhar um vinho branco fresco.

Eu gosto MUITO de um peixe regional chamado GURIJUBA, de carne tradicionalmente mais dura - deixo-o cozer bem para que pegue os sabores do molho, e como o peixe possui carne mais resistente, ele não se desmancha no tacho. Esta semana, porém, a pressa fez-me preparar a moqueca com DOURADA, peixe tradicional e que tem um ponto de cozimento muito mais rápido. E quando digo rápido, é RÁPIDO mesmo - em 9 minutos no tacho bem quente, seu peixe já terá atingido o ponto.

Para esta receita (4 porções) eu usei apenas:

  • 1 cebola pequena cortada em tiras finas
  • 1 pimentão vermelho cortado em tiras
  • 1 pimentão amarelo cortado em tiras
  • 1 tomate cortado em cubos
  • 2 dentes de alho
  • um bom punhado de coentros
  • sal e pimenta do reino, o quanto baste
  • 1 colher (café) de páprica doce
  • 1 colher (café) de páprica picante
  • 1 garrafa pequena de leite de côco
  • 2 colheres (sopa) de azeite de dendê
  • suco de 1 limão para temperar o peixe
  • 1/2 xícara (chá) de cachaça (aguardente)
  • aproximadamente 800g de filé de dourada
Deixei de molho o peixe temperado com um pouquinho de sal (não muito), pimenta, as pápricas, limão e cachaça. Enquanto isso, refoguei os pimentos, a cebola e o tomate até obter uma caramelização satisfatória e os pimentos estarem bem macios. Temperei com mais uma pitadinha de sal.


O passo seguinte foi misturar cuidadosamente o peixe nesse refogado. Neste passo também juntei os alhos.


Em seguida, coloquei o leite de côco e o azeite de dendê.




Como o tacho estava bem quente, tampei-o e aguardei apenas 9 minutos em fogo médio-alto. Foi o suficiente para o peixe agregar sabor e tornar-se tenro e suculento sem desfazer-se. Pouco antes do término da cozedura acrescentei os coentros frescos. Passados 9 minutos, desliguei o fogo e deixei a panela tampada até a hora de servir - o que aconteceu dali a cerca de 15 minutos. E o resultado saborosíssimo foi este que vocês vêem a seguir. Os pimentos adocicados casam perfeitos com o peixe - que você ainda pode temperar com molho de pimenta (opcional) à vontade no prato. Sirva com arroz branco e, se quiser, acompanhado de um bom vinho branco adequadamente fresco para o calor dos trópicos. Bom apetite.





Um comentário:

Monique Silvério disse...

Que delícia.
Vou amar fazer no fim de semana.

Beijos

www.consumidorasecreta.com.br